Clique Vestibular

NOTÍCIAS

GERALSegunda fase do Vestibular 2024 da UEL tem abstenção de apenas 7,22%

Pouco mais de 500 candidatos (511 no total) deixaram de comparecer neste domingo (26) à 2ª fase do Vestibular 2024 da UEL.

Fotos: André Ridão/ Agência UEL

No domingo, dia 26, da segunda fase do Vestibular 2024 da UEL, apenas 511 candidatos optaram por não comparecer. Nesta etapa, foram aplicadas provas que envolviam Línguas e Literatura em Língua Portuguesa, com 20 questões objetivas; Língua Estrangeira, com 10 questões objetivas; além da temida Redação, que solicitava um texto dissertativo sobre a crise da água no mundo, bem como uma produção curta sobre a administração do tempo. Os resultados das questões objetivas já se encontram disponíveis no portal da Cops.

O número de abstenções, pouco acima de 7%, representou uma redução em relação à média histórica. No último vestibular, realizado em março, o total de ausentes no primeiro dia chegou a 12,6%. A reitora Marta Favaro destacou que essa diminuição demonstra o compromisso e o vínculo dos estudantes com a universidade, ressaltando também a determinação dos candidatos em buscar uma vaga no ensino superior.

Ainda sobre o processo de seleção, Marta Favaro adiantou que a UEL deverá avaliar nos próximos dias um novo modelo de provas para o Vestibular. Um Grupo de Trabalho dedicou-se a avaliar o atual modelo, que é realizado em duas etapas, coletando opiniões de professores, alunos do Ensino Médio e estudantes que ingressaram na UEL entre 2019 e 2020. O objetivo dessa avaliação é adequar o processo de seleção dos futuros universitários à realidade dos candidatos e das escolas. Desde 2012, a UEL utiliza o atual modelo de vestibular.

No que diz respeito à prova de redação deste ano, os candidatos foram desafiados com dois temas instigantes. O primeiro, intitulado “A crise da água no mundo”, apresentou um breve texto introdutório e dois infográficos contendo informações sobre o consumo de água. Os participantes foram solicitados a desenvolver um texto dissertativo-argumentativo com até 20 linhas sobre o tema.

A segunda proposta de redação trouxe um artigo de autoria do consultor Abraham Shapiro, publicado na Folha de Londrina. O artigo abordava a realidade da vida moderna e o desafio de uma adequada administração do tempo. Nesse caso, a questão pedia a elaboração de um pequeno texto conclusivo, com até seis linhas.

Como consequência do vestibular, nesta segunda-feira (27), não haverá aulas na UEL. Neste segundo dia, os candidatos enfrentam a prova discursiva de Conhecimentos Específicos, composta por 12 questões discursivas relacionadas ao conteúdo de três disciplinas indicadas pelos colegiados de cada curso. As disciplinas específicas para cada graduação estão disponíveis no Manual do Candidato, acessível pelo portal da Cops.

No caso do curso mais recente da UEL, Ciência de Dados e Inteligência Artificial, a prova do segundo dia será composta pelas disciplinas de Física, Matemática e Língua Portuguesa e Literatura, conforme determinado pela Resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE).

Na terça-feira, ocorrerá a prova de Habilidades Específicas, destinada aos candidatos aos cursos de Arquitetura, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico. O resultado da primeira convocação do Vestibular será divulgado em 16 de janeiro de 2024.

Neste contexto, o vestibular da UEL continua a ser um marco importante na jornada de estudantes em busca de um lugar no ensino superior, com o desafio constante de aprimorar seus processos para melhor atender às necessidades dos candidatos e garantir um sistema de seleção justo e eficiente.