Clique Vestibular

NOTÍCIAS

Por onde começar a se preparar para ENEM e vestibulares

Quem nunca se fez essa pergunta ao sentar-se e tentar estudar.  Pensando nisso, o Clique resolveu tentar, trazer uma luz ao final do túnel

Por onde eu começo? Quem nunca se fez essa pergunta ao sentar-se e tentar estudar.  Pensando nisso, o Clique resolveu tentar, trazer uma luz ao final do túnel

Primeiro de tudo, não se desespere, ter medo e ansiedade do novo e do desconhecido é perfeitamente normal, não se deixe afetar pelas comparações ou pelas pressões pessoais, falhar e errar fazem parte do processo de aprendizado que nós chamamos de vida.

Segundo mantenha uma mente positiva, você atrai do universo aquilo que você pensa, são as leis da atração, então, se mantenha positivo, você vai conseguir. E caso você falhe, lembre – se da frase da raposa ao pequeno príncipe “ você é eternamente responsável por aquilo que cativa”, ou seja, mesmo na falha, ninguém pode te tirar o mérito de ter tentado, porque ainda assim, você aprendeu alguma coisa, e isso te tornou uma pessoa melhor.

            Dito isto, separamos algumas dicas que podem te auxiliar a começar a estudar.

AMBIENTE

Pode parecer besteira, mas você começa do início… Antes de focar em como estudar existem fatores ambientais que podem ser um incentivo ou um fator desestimulante.

Seria uma bela utopia, um mundo onde todos tivessem acesso a um ambiente confortável e favorável aos seus estudos, infelizmente, essa não é a realidade. Porém o local onde você estuda é muito importante.

Por isso procure manter o seu local de estudo o mais organizado e confortável o possível. Procure por uma boa iluminação, um ambiente tranquilo, sem fatores externos que interfiram no seu foco.

META/ OBJETIVO

É importante estabelecer metas, ter objetivos no que tange os estudos, determine aonde você quer chegar, seja para o ENEM ou os vestibulares tradicionais. Desta forma, você será capaz de organizar os seus estudos de forma mais focada, e as chances de sucesso se tornam exponencialmente maiores.

CONHEÇA A PROVA….

Depois de definir um objetivo, é importante conhecer a prova, a pergunta nesse momento deve ser – COMO CONHECER A PROVA?

LEIA O EDITAL DA PROVA

É através do edital que você consegue conhecer o conteúdo teórico que norteia a prova, mas não se engane! ENEM e os VESTIBULARES TRADICIONAIS são bem diferentes em sua estrutura, um belo exemplo, está em – O ENEM não cobra obras literárias especificas, já os vestibulares tradicionais contam com uma lista de obras literárias a serem cobradas  na prova.

 Dica bônus:  A redação do ENEM e dos vestibulares tradicionais também, são diferentes, por isso é importante, conhecer gêneros textuais e praticar a escrita deles.

CRONOGRAMA

O melhor cronograma de estudos é aquele que você mesmo monta! Pergunta clássica  – “ COMO EU SEI O QUE ESTUDAR?”.

Ao ler o edital você conhece o conteúdo teórico a ser cobrado pela prova, cabe a você terminar as áreas de maior ou menor importância, considerando as suas maiores dificuldade e facilidades e o seu curso. 

Por exemplo – se você optou por cursar medicina, as matérias de ciências da natureza ( Biologia, química e física)  têm um peso maior, ou seja, para aqueles que optam por vestibulares tradicionais, se faz necessário um aprofundamento, visto que, existem as segundas fases compostas de provas dissertativas.

Outra pergunta clássica – “ COMO EU MONTO MEU CRONOGRAMA?”

Primeiro defina seus pontos fracos e seus pontos fortes, assim você sabe o que você precisa dar mais atenção – ou de forma simplista, estudar mais vezes.

Segundo – Defina quanto tempo disponível você tem para estudar.  Faça um bom gerenciamento do seu tempo, não se torture estudando por horas a fio, isso apenas irá te proporcionar, cansaço e estresse mental.

Uma vez li em algum lugar que pessoas bem-sucedidas começam o seu dia as 4 da manhã, e por um tempo admito que vivi nessa realidade insana, até perceber que o sucesso não está nas horas de dedicação, mas na eficiência da dedicação.

Uma pessoa que estuda, quatro horas ao dia de forma eficiente, tem muito mais sucesso do que aquela que estuda 10 horas, mas ao final do dia não consegue se lembrar de nada do que estudou ao longo do dia.

IDENTIFIQUE COMO VOCÊ APRENDE

As pessoas aprendem de formas diferentes, porque são diferentes! Ou seja, os métodos mágicos de aprovação, não vão funcionar igual para todos.

Como isso em mente, conheça como você consegue absorver melhor os conteúdo, algumas pessoas são o que nós chamamos de visuais, e por isso, vão responder melhor a conteúdos compostos por vídeo aulas e mapas mentais por exemplo. Algumas pessoas são auditivas, e respondem melhor a conteúdos em podcasts, ou ao ler em voz alta o conteúdo teórico, outros são o que nós chamamos de sinestésicos, ou seja, a sua aprendizagem está relacionada aos seus sentidos, para essas pessoas a forma como o conteúdo é apresentado é indiferente, eles precisam de algo ao que relacionar esse conteúdo, uma música, um cheiro, a essas pessoa a metodologia dos flashcards é bastante eficiente, pois trabalha com a associação.

SE DESLIGUE…

É importante, para a sua saúde mental, ter relacionamento sociais, durante essa fase da sua vida, em que você está se preparando para os vestibulares/ENEM. O que você deve prestar atenção, são nos excessos! Então não existe problema algum em sair com os amigos em um sábado à noite, beber – se você gosta. O que você deve considerar são os efeitos que isso pode causar na sua rotina  – Sim estou falando da famosa ressaca do dia seguinte.

Nós vivemos em uma era onde estamos sempre conectados, entretanto na hora de estudar, devemos saber como utilizar as mídias sociais ao nosso favor.

Não há nada de errado em tirar alguns minutos para rir com o Tik Tok, curtir as fotos do crush, ir ver aquela fofoca dos famosos, rir no WhatsApp com os amigos ou verificar o grupo, o problema está no excesso. Quando as mídias sociais passam a consumir mais tempo do seu dia que os estudos é hora de parar e repensar o seu gerenciamento de tempo.

Existem app que  desabilitam os app de mídias sociais do seu celular por um período programado, e em alguns aparelhos essa função já vem de fábrica.

FAÇA PROVAS ANTERIORES

Um ponto importante é fazer as provas anteriores, porque assim você consegue entender, como as questões daquele vestibular são formuladas, ou seja, na hora que você estiver fazendo a prova – “pra valer” , o estresse do desconhecido é menor, afinal você sabe o que te espera.  

Outro ponto interessante de se refazer as provas passadas é conseguir “ prever” os temas de maior incidência na prova, e assim, saber as temáticas que demandam maior atenção na hora de estudar.

REVISE

A revisão é um ponto chave na eficiência e eficácia dos estudos, mas se engana aquele que acredita que a revisão deve ser feita apenas quando faltam poucos dias para a realização da prova, a revisão deve ser uma constante ao longo do processo de estudo.

            Ao longo da semana é importante revisar os conteúdos estudos, todos os dias. A pergunta clássica – “COMO EU FAÇO REVISÃO?”

Existem inúmeras estratégias de revisão, cabe a cada um de vocês identificar aquela que melhor se enquadra a sua forma de aprender, entretanto, existem duas formas de revisão que se mostram eficientes para a maioria das pessoas.

Resumo do que você entendeu  – Escreva com suas próprias palavras o que você entendeu, e desse conteúdo elabore um resumo com os principais pontos.  Aqui se você for dos que aprende melhor escutando, é uma boa estratégia, gravar o seu resumo.

Memorex/ Flash Cards – essa técnica consiste em uma pergunta que introduz um pequeno conceito importante, pode ser uma definição, uma formula, uma estratégia de resolução.

A revisão nada mais é do que um gatilho de memória, ou seja,  o intuito da revisão é treinar seu cérebro, para que  na hora da prova ao ler determinadas palavras ou conceitos, automaticamente você identifique como formular uma resposta a questão.

FAÇA EXERCÍCIOS E SIMULADOS…

Ao fazer exercícios, você coloca em prática aquilo que estudou, e consegue assinalar onde precisa melhorar.

Por que eu devo fazer simulados??

O simulados, não existem apenas para que você pratique o que estudou, o próprio nome já indica a sua função, ou seja, ele existe para te auxiliar a simular as condições da prova.

Portanto o simulado te auxilia a :

Conhecer como as questões do vestibular de interesse são elaboradas

Gerenciar o seu tempo, para não deixar questões sem resposta

Criar estratégias para resolução da prova

Aprender a controlar o seu emocional e psicológico

Nivelar o seu conhecimento

Se você tiver interesse em realizar um simulado no dia 24/04 o Clique realizará o seu primeiro simulado do ano, composto por 90 questões, nos moldes da Fuvest.

Para participar basta realizar o seu cadastro em : <http://cliquevestibular.com.br/cadastro>, é totalmente gratuito.