Clique Vestibular

NOTÍCIAS

Guia de profissões: Conheça a profissão de Médico veterinário

Guia de profissões: Médico veterinário

Ninguém tem dúvida de que hoje os animais de estimação ocupam um espaço muito especial na vida das pessoas, muitos até considerados como um membro da família.

Nesse sentido, podemos afirmar que esse setor vem crescendo a cada dia, e a procura por medicina veterinária só comprova isso.

E quem quer ser um veterinário precisa fazer a faculdade de medicina veterinária, a qual forma profissionais que estudam e tratam as doenças dos animais, desde animais de pequeno porte até aqueles de grande porte.

O que faz um médico veterinário?

O médico veterinário conta com um campo de atuação bem amplo, já que pode acompanhar e tratar a saúde dos animais, até controlar doenças em populações com grandes animais silvestres, atuar no controle de qualidade de produtos industriais e em pesquisas na área de zoonoses, enfim, as possibilidades são muitas.

As possibilidades de exercer a profissão são diversas, nos mais diferentes ambientes, tais como:

  • Clínicas veterinárias para animais de estimação
  • Zoológicos
  • Fazendas
  • Institutos de pesquisa
  • Universidades
  • Indústrias de alimentos de origem animal.
  • Centros de controle de zoonoses
  • Órgãos fiscalizadores

Onde estudar Veterinária

Como já foi dito, a procura pelo curso de Medicina Veterinária vem aumentando muito nos últimos anos, com isso, aumentaram também as opções de faculdades para a formação desse profissional.

O Curso de Medicina Veterinária

Para exercer a função de veterinário, é necessário fazer o curso superior completo na área de Medicina Veterinária que, tal como a medicina tradicional, o curso de Medicina Veterinária também exige muito estudo, sendo bem disputado hoje em dia.

No mais, o curso é do tipo bacharelado, durando cerca de cinco anos, e exigindo  estudo em tempo integral, com uma grade que combina disciplinas teóricas com aulas práticas.

E para que o estudante possa se formar, é necessário que ele faça um estágio supervisionado e, inclusive, algumas faculdades exigem também que apresente um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Porém, o exercício pleno da profissão só pode ocorrer após o período de um ano de experiência profissional.

Que disciplinas fazem parte do curso?

  • Anatomia dos Animais
  • Morfologia dos Animais
  • Genética
  • Microbiologia
  • Parasitologia
  • Cirurgia Veterinária Básica
  • Nutrição Básica
  • Química
  • Biologia
  • Estatística

Quanto ganha um médico veterinário?

O veterinário trabalha, geralmente, com vínculo empregatício, podendo exercer  suas funções também em setores ligados à pecuária e serviços relacionados.

Este profissional pode atuar em ambientes fechados ou a céu aberto, em período diurno.

Vale ter em mente que, dependendo da atividade exercida, o profissional poderá passar longos períodos em posições desconfortáveis, exposição a materiais tóxicos, radiação, ruído intenso, entre situações que podem ocasionar grande estresse.

No Brasil, o salário médio de um veterinário é de R$ 3.408. São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás, são os estados onde o veterinário têm os melhores salários no país.

Especializações da Carreira de Médico Veterinário

Como foi dito, muitas são as possibilidades de atuação do médico veterinário, tais como:

  • Medicina Veterinária Clínica: o profissional atua em clínicas para animais de estimação, atendendo e examinando os petse também realizando pequenas cirurgias, quando necessário.
  • Veterinária Industrial:o profissional acompanha e fiscaliza a fabricação de produtos de origem animal e também produtos para os animais, tais como ração para cães e gatos.
  • Medicina Veterinária Ambiental: o profissional estuda animais silvestres em seu ambiente natural, cuida da saúde das diferentes espécies identificando doenças e contribuindo para a preservação dos animais. Em alguns casos, pode atuar nos cuidados e reabilitação de animais de cativeiro devolvidos à natureza.
  • Controle e Tecnologia para Populações Animais:o profissional atua no desenvolvimento de técnicas para criação e nutrição de rebanhos, além de poder, também, atuar na melhoria genética e reprodução.