Clique Vestibular

SALA DE ESTUDOS

Características gerais dos seres vivos

Características gerais dos seres vivos e divisões

Composição química

Está representada por: 

  • Substâncias inorgânicas: água e sais minerais. 
  • Substâncias orgânicas (possuem o carbono como elemento principal): carboidratos, lipídios, proteínas, ácidos nucléicos e vitaminas. 

A composição química aproximada da matéria viva é de 75 a 85% de água; 1% de sais minerais; 1% de carboidratos; 2 a 3% de lipídios; 10 a 15% de proteínas e 1% de ácidos nucléicos. 

Metabolismo 

É o conjunto de processos químicos responsáveis pela transformação e utilização da matéria e da energia pelos organismos. Apresenta duas etapas: anabolismo (processos de síntese) e catabolismo (processos de degradação ou análise). 

     º Organização celular – Com exceção dos vírus, todos os seres vivos são formados por células. De acordo com o tipo de célula os seres vivos podem ser. 

     º Procariontes – Possuem células procariotas, isto é, com membrana celular, citoplasma e nucleóide. Ex.: bactérias, algas azuis ou cianofíceas e PPLO.  

     º Eucariontes – Possuem células eucariotas, isto é, com membrana celular, citoplasma e núcleo. Ex.: profistas, fungos, plantas e animais. 
     º Diferenciação celular – Ocorre nos seres multicelulares. As células sofrem modificações dando origem a grupos de células com formas variadas, cada qual adaptada ao exercício de uma determinada função. 

     º Movimento – É a variação da posição do corpo no decorrer do tempo em relação a um sistema de referência. 

     º Crescimento – É o aumento do tamanho físico de um corpo. Nos seres vivos ocorre devido à incorporação e transformação dos alimentos. 

Classificação dos Seres vivos 

Atualmente, os seres vivos são divididos em 5 Reinos: Monera, Protista, Fungi, Animalia e Plantae.  

Reino Monera – Compreende os organismos unicelulares e procariontes que não possuem núcleo individualizado. Exemplos: bactérias, cianofíceas (cianobactérias) e PPLO. 

Reino Protista – Compreende os organismos unicelulares eucariontes, isto é, que possuem núcleo organizado (delimitado por membrana ou carioteca). 
Exemplos: protozoários, algas unicelulares (euglenófitas, crisófitas e pirrófitas). 

Reino Fungi – Compreende os organismos eucariontes, uni ou pluricelulares e heterótrofos (alimentam-se de substâncias orgânicas pré-elaboradas). 
Exemplos: todos os fungos (bolor, fermento e cogumelo). 

Reino Animalia ou Metazoa – Compreende os animais pluricelulares e eucariontes. 
Exemplos: todos os animais desde os Poríferos até Mamíferos. 

Reino Plantae ou Metáfita – Compreende as plantas pluricelulares e eucariontes. 
Exemplos: algas pluricelulares (clorofíceas, rodofíceas e feofíceas), vegetais intermediários e vegetais superiores. 

Nota – Os vírus por não apresentarem todas as características gerais dos seres Vivos, são classificados à parte e serão estudados em outro local onde, também, serão estudados detalhes sobre a AIDS e outras doenças viróticas.

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS